Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 30 de junho de 2009

REGRAS DE ETIQUETA


,

Regras de etiqueta

Fale baixo - a tendência das pessoas é elevar o tom de voz.

Evite assuntos particulares em público - a conversa pode deixar as pessoas constrangidas.

Dê preferência à conversa ao vivo - valorize aquele que está na sua frente e deixe para conversar pelo celular depois.

Nos restaurantes, não fique papeando - há pessoas que desejam fazer a refeição em paz.

Retorne as ligações - se alguém deixar recado na caixa postal, não se esqueça de ligar de volta.

Escolha bem a campainha - os ringtones(toques de celular) refletem seu estado de espírito. Portanto, escolha bem. E cuidado com os tons engraçadinhos.

Atenção ao horário - só ligue de madrugada para alguém se for algo muito urgente.

Desligue o aparelho nas reuniões de negócio - se tiver esperando uma ligação urgente, avise os participantes e deixe o aparelho no modo vibratório.

Respeite a platéia e o artista - nas salas de cinema, teatro, espetáculos nunca atenda o telefone.

Preserve o silêncio nas bibliotecas e museus - as pessoas precisam se concentrar.

Não atrapalhe médicos e enfermos - evite usar o celular nos consultórios e nos hospitais.

Nas ocasiões fúnebres e ambientes religiosos, esqueça o celular - Respeite a fé e a dor alheia.

Espere desembarcar do avião - só ligue o celular no saguão.

Procure guardar o celular no bolso ou na bolsa - é melhor que deixar o aparelho à mostra.

Pergunte se a pessoa pode atender - antes de começar a falar, veja se a pessoa pode falar.

Peça autorização para fotografar - os celulares com câmera embutida são populares, mas não se esqueça de pedir para clicar. K.A.

MAQUILHAGEM E DICAS


ANTES DA MAQUILHAGEM
- Para conservar a maquilhagem, antes de a aplicar, passe na pele uma pedra de gelo envolta em gaze. O gelo fecha os poros da pele e a maquilhagem dura mais tempo. Se sua pele for oleosa, troque o gelo por loção adstringente e aplique uma camada fina de vaselina antes da base.



- Não se esqueça: na maquilhagem, menos é mais.


BASE
- Para não errar na cor da base, teste o produto o mais próximo possível do pescoço e não na mão como muitas fazem. Dê preferência para bases líquidas ou cremosas, pois ressecam menos a pele.


- Procure uma marca que já possua filtro solar em sua composição e que seja hipoalergénica testada dermatologicamente.


- Na hora de aplicar, evite espalhar a base em pontos pelo rosto, pois o produto seca rapidamente. Para espalhar melhor a base, use uma esponja humedecida em água.


- Depois de espalhar uma fina camada de base por todo o rosto, remova o excesso com um lenço de papel e passe o pó (sem exagero) com um pincel macio.


- Aplique uma base mais clara que sua pele na testa, laterais do nariz, da boca e do queixo, para suavizar os traços e "iluminar" o rosto.


- Não compre a base pela cor do vidro. Ali ela está concentrada e sempre parece ser mais escura do que realmente é.


- Se tiver tipo de pele oleosa, o correcto é adquirir uma base com formulação específica oil-free.


- Adquira uma base com brilho. A luminosidade suaviza pequenas linhas de expressão.

- Base bem espalhada não se acumula no maxilar.

- Sardas não são para esconder. Assuma as suas!

MAQUILHAGEM E DICAS


,
SOMBRAS

- Escolha uma cor para dar um fundo. Cores escuras de sombra devem ser evitadas por quem tem olhos pequenos. Quem tem olhos grandes deve evitar cores muito claras. Já os olhos com os cantos caídos ganham leveza com a aplicação de tons mais escuros, esfumados do canto dos olhos para cima.


- Depois de passar a sombra de fundo, escolha uma cor mais clara para iluminar a parte central da pálpebra. Em seguida, passe uma sombra dourada logo abaixo das sobrancelhas e passe um tom mais claro por cima para dar mais luz ao olhar.


- A sombra deve ser aplicada com o tom mais forte nos cantos externos, bem perto dos cílios, e o tom mais claro na parte de cima, bem próxima à raiz das sobrancelhas. Cuidado para não exagerar na quantidade e procure usar somente em ocasiões especiais.


- Para melhor efeito, aplique a sombra antes do delineador. As sombras compactas devem ser aplicadas, de preferência, com pincel, nas pálpebras e de acordo com o formato dos olhos.Usando tons claros (branco, areia, bege, amarelo, prata, etc.) próximos da sobrancelha consegue-se "abrir" o olhar, proporciopnar um efeito “luminoso” e aumentar os olhos. Se quiser criar um olhar "amendoado", com “profundidade”, pode esbater o canto externo dos olhos com tons mais escuros (preto, marrom, azul, etc.) e ainda delinear todo o contorno, com um pincel mais fino, usando a mesma cor ou até mesmo com lápis marrom/preto. As sombras cremosas e brilhantes são mais fáceis de serem aplicadas.

- As ruivas devem optar por cores fortes e vivas, que vão desde o castanho escuro, ao verde, passando pelo amarelo e pelo castanho-alaranjado.

- As mulheres que têm o cabelo castanho e os olhos castanhos têm a vantagem de combinarem bem com quase todas as cores: para a maquilhagem dos olhos as várias tonalidades de castanho são a melhor opção.


- O truque é usar várias tonalidades da mesma cor no olho e ir esbatendo-as com a ajuda de um pincel ou mesmo dos dedos.

- O segredo para a durabilidade de sua maquilhagem de olhos e para dar um realce perfeito é sempre uma boa cobertura de pele.

- Se a sombra é muito cintilante para usar de dia, aplique pó sobre ela para retirar um pouco do brilho. Mulheres de pele negra devem usar cores intensas, que destaquem a maquilhagem.


- Para parecer mais nova: ilumine os olhos com sombra em tons claros. As pálpebras tendem a escurecer com a idade.

MAQUILHAGEM DO DIA A DIA E DICAS



LÁPIS DE CONTORNO / DELINEADOR

- Escolha uma cor de lápis com tendência para o marrom e passe em toda a parte interna dos olhos e rente aos cílios de baixo. Em cima, passe uma sombra amrronzada no canto dos olhos e aproxime o traço ao côncavo para dar uma suave profundidade.


- Em seguida, passe o delineador líquido. Para não errar o traço, encoste o pincel na raiz dos cílios e deslize, suavemente, com o pincel apoiado.


- O delineador deve ser aplicado com uma camada fina e uniforme junto à raiz dos cílios superiores, de dentro para fora dos olhos.


- Se quiser um traço fino, use somente a pontinha do pincel ou do lápis. Já existem aplicadores cujo pincel é rijo e com a ponta bem fininha. São os melhores para quem não tem muita habilidade ou firmeza na mão. Se quiser um traço mais grosso, incline um pouco a ponta do pincel.


- Para aplicar o delineador mais facilmente, use um espelho sobre a mesa. Aplique primeiramente da metade da pálpebra para os cantos externos. Depois, faça um traço mais fino do centro da pálpebra para o canto interno.


- Os delineadores são contra-indicados para quem tem olhos pequenos, pois os diminuem ainda mais.


- Para facilitar a aplicação do seu delineador e dar mais intensidade, ou ainda alcançar cores diferentes, antes da aplicação do mesmo, marque um traço com o lápis de olhos de qualquer cor e em seguida passe o delineador.


- Os delineadores líquidos devem ser aplicados somente nas pálpebras superiores. Os delineadores de ponta seca (lápis) podem ser aplicados também nas pálpebras inferiores.

- Se houver erros com o delineador corrijir com cotonete.


RÍMEL
- A função do rímel é realçar o olhar, deixando as pestanas mais longas e destacadas.


- Aplique o rímel preto com movimentos de vai e vem e eleve para dar elasticidade nas pestanas.


- Evite aplicar o rímel com intensidade na parte inferior.


- Se quiser deixar um olhar natural aplique o rímel apenas nas pestanas superiores.


- Para alongar as pestanas, aplique o rímel em pelo menos duas camadas.


- Para não borrar o rímel, seque as pestanas com secador. Mantenha os olhos fechados para não os irritar.


- Se o rímel estiver ressequido, aplique algumas gotas de soro fisiológico, assim poderá ser usado mais algumas vezes. Quando usado em exagero acaba por deixar o olhar pesado e pode até borrar, por isso há quem diga que deve ser o último a ser aplicado e sua "escovinha" precisa estar livre de excessos.

- Loiras e Ruivas devem optar pelo rímel marrom ou transparente, para conseguir um efeito mais natural e devem usar o rímel preto para acentuar ainda mais o olhar.

- As morenas devem usar sempre rímel preto, e evitar usar rímel colorido. Convém escolher um rímel que não seja "à prova d'água", pois estes são difíceis de serem removidos e deixam resíduos que podem durar até à manhã seguinte.

MAQUILHAGEM DO DIA A DIA E DICAS




BATON
- Passe o baton cor de boca com um pincel e em seguida, passe um gloss para dar brilho.


- Para fixar o batom, aplique-o e retire o excesso com papel absorvente. Passe uma camada de pó compacto e aplique outra camada de batom.


- Se é ruiva, utilize castanhos e experimente os tons de rosa-avermelhado.


- Para aumentar os lábios, desenhe o contorno natural deles com um lápis um pouco mais escuro que o batom, do lado de fora dos lábios. Esbata o traço com um pincel e aplique o batom.

- Use um tom mais claro e cintilante na parte central dos lábios inferiores.

- Use e abuse dos gloss e brilhos.


- Para diminuir os lábios, desenhe o contorno pela parte interna dos lábios, com um lápis mais claro que o batom que irá usar. Evite brilho e gloss e use batons escuros e opacos.


- De preferência compre sempre batons de boas marcas e que também hidratem. Os lábios são uma das nossas “fachadas” mais importantes.


- Mantenha os dentes sempre brancos. E não se esqueça que o batom vermelho faz com que os dentes pareçam mais claros.


BLUSH

- A escolha certa da cor do blush também é fundamental. As peles mais claras ficam bem com tons rosados e as peles mais morenas com tons de terra ou rose mais fechados.

- Na hora de aplicar não se ria, isso faz com que o produto marque as linhas de expressão. Aplique com movimentos leves e rápidos em vai e vem.

- Pode também aplicar com pincel uma pequena camada de Blush nas maçãs do rosto, com leves pinceladas.

- O Blush deve ser usado em quantidades moderadas para não dar um aspecto artificial.

- Os excessos devem ser retirados com uma esponja contendo pó compacto.

- Se quiser "alargar" o seu rosto, aplique blush na altura das orelhas, puxando o pincel em direcção às maçãs do rosto. Se quiser deixá-lo mais fino, aplique nas têmporas (entre a sobrancelha e a maçã do rosto) e puxe para as maçãs do rosto.

- O blush pode ser aplicado levemente no rosto todo, para deixar o tom da pele uniforme.

- Evite marcar demais as maçãs do rosto. O blush deve ser usado apenas para colorir levemente e dar uma impressão mais saudável.

- Para o uso diário, já existe a opção do blush-cremoso. É fácil de ser aplicado e produz um efeito bem natural.

- As pérolas-bronzeadoras, pequenas "bolinhas" nos tons amarelo-dourado, marrom e rosa, que aplicadas no rosto e pescoço, deixam uma cor "bronzeada" são o último avanço neste tipo de produto.

- O blush-compacto, é o mais conhecido e fácil de ser encontrado em diversas tonalidades.

- Os pós bronzeadores podem também ser usados como blush natural.

MAQUILHAGEM DO DIA A DIA




SOBRANCELHAS
- Penteie as sobrancelhas e, com lápis próprio, cubra as falhas.


- Lápis ou sombra para acabamento para sobrancelhas corrige imperfeições ou falhas nas sobrancelhas. A correcção pode ser feita com o lápis preto, marrom ou com uma sombra marrom. Cuidado para que a cor da sobrancelha não fique mais forte que a do cabelo.


- Rímel incolor pode ser utilizado também para "pentear" as sobrancelhas.


CORRECTIVO
- É um grande aliado para eliminar olheiras, sinais, borbulhas, pontos negros, cicatrizes, linhas de expressão, etc.


- Compre um correctivo mais claro que o tom da base e mais claro do que sua pele.


- Aplique o produto em pontos e espalhe-o pela pele com leves batidinhas.


- Há quem defenda que os tons "amarelados" são mais eficientes para olheiras, mas outros defendem que tons levemente verde corrigem melhor olheiras e borbulhas.


- Para borbulhas e sinais aplique um pouco de correctivo com pincel e não sobrecarregue. A ideia é uniformizar a cor e não corrigir o desnível da pele.


- Correctivo também pode servir para ajudar a fixar a maquilhagem na área dos olhos.


- Pessoas com olheiras muito marcadas devem aplicar um correctivo mais claro e complementar com pó facial adequado ao tom de pele.


PÓ FACIAL
- A função do pó facial é de uniformizar a pele – especialmente depois de usar correctivo – e ajudar na fixação da maquilhagem.


- Se a pele for boa nem vai precisar usar este produto.


- Cuidado para não exagerar na quantidade para a sua cara não parecer uma "máscara".


- A aplicação é bem simples: use o pincel mais grosso para evitar excessos ou, no caso do pó compacto, a esponjinha. São geralmente finíssimos e dão um acabamento aveludadoProcurar comprar o pó facial num tom similar ao da base. Os chamados translúcidos são óptimos porque preservam uma certa "transparência".


- Para a maquilhagem do dia-a-dia , o uso do pó facial oferece um acabamento mais natural, porém retocá-lo ao longo do dia pode não ser tão prático. Nesses casos o mais indicado seria um pó-compacto, fácil de ser aplicado com uma esponja .


- Existem também produtos conhecidos como duo-cake (uma evolução dos antigos pan-cake), que são muito práticos. Dispensam o uso da base e podem ser aplicados secos ou molhados.


- O excesso de pó nos vincos (olhos e nariz) acentua ainda mais estas áreas. Da mesma forma, o pó não deve ser utilizado nos lábios.

6 Técnicas "estranhas" dos maquilhadores profissionais que funcionam:






6 Técnicas "estranhas" dos maquilhadores profissionais que funcionam:


1. Aquecer um pouco o curvex com secador antes de usá-lo para as pestanas ficarem mais arqueadas.

2. Humedecer uma esponja com água e passar no rosto antes de aplicar base e correctivo.

3. Aplicar blush marcante antes de preparar a pele com base para conseguir um rubor natural.

4. Usar um pincel humedecido em água para diluir a sombra. Depois de espalhar, espalhar bem com os dedos

5. Remover partículas de sombra que tenham caído fora do olho com papel higiénico.6. Adicionar gotas de protector solar oil-free à base para que ela fixe melhor.

MAQUILHAGEM PODER CORRIGIR A FORMA DO ROSTO



CARA RECTANGULAR E ALARGADA
- Aplique base clara no rosto e mais escura na testa e nas faces – espalhe até às fontes.

- Aplique blush igual à base escura, desde o meio da face.

- As sobrancelhas ficam-lhe melhor direitas.

- Os penteados lisos ou ligeiramente ondulados e de comprimento médio favorecem-na.

- Não exagere no blush.

- Não use sobrancelhas redondas.

MAQUILHAGEM PODER CORRIGIR A FORMA DO ROSTO




CARA MUITO QUADRADA
- Ponha uma base mais escura na parte do maxilar.

- O blush deve ter uma orientação horizontal, desde o nariz até à orelha.

- Procure usar sobrancelhas ligeiramente arqueadas.

- O cabelo deve ser suavemente levantado sobre a testa e nunca com risco (ao lado ou ao meio).

- Não penteie as suas sobrancelhas para cima

MAQUILHAGEM PODER CORRIGIR A FORMA DO ROSTO







CARA REDONDA
- Coloque base clara por todo o rosto e outra mais escura nas faces e no queixo. Espalhe-as muito bem.

- Utilize um blush de tom suave, em sentido ascendente, do queixo para a maçã do rosto para o estilizar.

- Quanto às sobrancelhas depile-as ou maquilhe-as de forma oblíqua.

- O penteado deve ser caído sobre o rosto.

- Não utilize apenas um tom na maquilhagem pois dará a sensação que tem a cara ainda mais achatada.

- Evite utilizar cabelo ripado

MAQUILHAGEM PODER CORRIGIR A FORMA DO ROSTO



CARA TIPO TRAPÉZIO
- A base clara deverá estar nas fontes e a escura a sombrear os maxilares.

- Favorecem-na especialmente os olhos rasgados.

- Penteado... escolha um corte escadeado, e não penteados que lhe libertem a cara, apanhados, carrapitos ou tranças

MAQUILHAGEM PODER CORRIGIR A FORMA DO ROSTO



,


TRIANGULAR
- Pode corrigir a forma deste rosto utilizando uma base clara na face e outra mais escura no queixo.

- Pode estreitar o rosto – na parte lateral – aplicando blush apenas nas faces, desde a parte alta das maçãs do rosto até à boca.

- Puxe o cabelo para trás deixando a cara livre.

- Não depile nem pinte as sobrancelhas em bico, estas ficam melhor arredondadas.

MAQUILHAGEM DE DIA





Maquilhagem de dia

- Limpe e hidrate a pele, fixará melhor a maquilhagem.

- Use um pouco de corrector debaixo dos olhos e esbata-os muito bem.

- Aplique uma base escura com a ponta dos dedos (se está morena não precisa) e pós-compactos.

- Se continuar sem cor então ponha um pouco de blush.

- Sombras caramelo ou chocolate ficam muito bem nos olhos azuis e verdes. Cor-de-nata ou baunilha se são castanhos ou pretos.

- Ponha rímel nas pestanas.

- Aplique um gloss cor-de-rosa.

- Não se esqueça do seu perfume

MAQUILHAGEM DE NOITE


Maquilhagem de noite


- Disfarce as imperfeições com corrector.

- Use maquilhagem um pouco mais clara do que a matinal e pós compactos soltos.

- Use o blush no sentido ascendente e... não se esqueça que se tem que notar!

- Contraste as sombras: tons fortes – amarelo, azul, verde – na pálpebra superior e mais claros na móvel. Também pode usar uma sombra clara como se fosse eyeliner ou pintar de negro, castanho ou verde.

- Dê forma Às suas pestanas com um enrolador de pestanas, pós soltos e rímel.

- Um bom truque: pinte a extremidade das suas pestanas com um tom claro (prateado ou dourado)

- Nos lábios use alguma maquilhagem. Contorne-os e pinte-os com um pincel.

- Para fixar a cor nos lábios utilize pós-soltos.

- Experimente umas lentes de contacto coloridas

MAQUIAGEM DE OLHOS SIMPLES










maquiagem de Olhos Simples

- Escolha sempre uma cor de sombra complementar à sua íris. Se tem olhos verdes ou cinzentos escolha uma cor lilás ou rosa, se tem olhos azuis escolha tons castanhos, coral ou cinza e se tem olhos castanhos pode utilizar todas as nuances.

- Com um pincel mais grosso, aplique com um toque suave um traço ascendente.





- Modele o olhar com outra cor de sombra. Aplique uma só cor em toda a pálpebra móvel, subindo ligeiramente até à arcada supraciliar.

- Para um resultado mais sofisticado, ouse os duos. Aplique a sombra de tom mais claro por toda a pálpebra móvel até à arcada supraciliar. Aplique a mais escura, do exterior para o interior, na parte inferior da pálpebra, junto à raiz das pestanas.






- Para não 'endurecer' o seu olhar aplique o lápis, não com um traço único, mas fazendo pequenos pontos.

- Depois é só uni-los, com a ajuda do dedo ou de um aplicador com espuma.





- Aplique rímel rodando a escova sobre ela mesma para dar um ar bem curvo às pestanas: uma camada para efeito natural, várias camadas para maior glamour.

DICAS-Máscaras Caseiras Para o Cabelo


Se ficou sem o fixador, bata uma CLARA DE OVO, espalhe-a pelo cabelo até lhe dar a forma que quiser. Além de fixar o penteado, verá que depois de seco ficará bastante brilhante.

- Dois OVOS BATIDOS e aplicados com a ajuda de um pincel por toda a cabeça alimentam o seu cabelo com as proteínas necessárias para que cresça forte e vigoroso. Para o cabelo seco convém utilizar apenas a gema, porque a clara tem tendência a secá-lo.

- Repare os cabelos danificados com AZEITE e GEMA DE OVO. Massaje azeite no cabelo. Então, bata a gema de 1 ovo e use para fazer uma massagem no cabelo, da raiz para as pontas. Aguarde 10 minutos e use o champô normalmente. Faça isso uma vez por semana, durante um mês, e o seu cabelo vai começar a ter um aspecto mais saudável.

- O AZEITE é um dos melhores hidratantes aconselhado sobretudo para cabelos muito secos, espigados ou baços, ou também para aqueles que foram maltratados por tintas e permanentes. Evite aplicá-lo na raiz. Convém lavar e enxaguar muito bem.

- Eliminará temporariemente a oliosidade do seu cabelo se aplicar um algodão humedicido em TÓNICO ADSTRINGENTE só nas raízes. Não passe água!

- Para um cabelo super brilhante: misture uma colher de VINAGRE DE MAÇÃ (existente em ervanárias) com ou tra de shampô. Ensaboe o cabelo e passe com água fria durante 3 minutos.

- Se o que quer é dar corpo a um cabelo muito ralo ou fraco, junte um copo de CERVEJA bem cheio à última água de enxaguar. A levedura da cerveja revitaliza as fibras capilares mais pobres.

- A CERVEJA pode remover resíduos do seu cabelo. Adicione 6 colheres de sopa de cerveja em 1 copo de água quente e passe sobre o cabelo. Lave com água morna.

- A MAIONESE é a máscara natural preferida da Julia Roberts que, além do mais, tem um efeito duplo, porque às propriedades nutritivas do ovo são acrescidas as do azeite, suavizantes.

- A RAIZ DO RUIBARBO ilumina e dá cor a todo o tipo de cabelos, tingindo-os de forma natural. Ferva 50 gramas de raiz num litro e meio de água, tape o recipiente e deixe cozer em fogo lento durante uma hora. Uma vez fria, coe a infusão. Usa-se depois de enxuagar, passando-a pelo cabelo várias vezes com a ajuda de um algodão. Deixe secar ao ar, de preferência ao sol.

- Para escurecer e reforçar os castanhos-escuros faça uma infusão com SALVA, de preferência vermelha, 50 ou 75 gramas para 600 ml de chá índio concentrado ou com uma base de cravos-da-índia esmagados. Aplique como último enxaguamento.

DICAS -Máscaras Caseiras Para o Cabelo


O SUMO DE LIMÃO diluído num copo de água e misturado na última água de enxaguar, regula a gordura (enxague muito bem depois da aplicação pois pode ter efeitos secundários com a exposição solar).

- ÓLEO DE BARDANA nutre e amacia os cabelos muito secos, finos e estragados, fortificando o couro cabeludo.

- Um xampô elaborado à base de CASTANHA-DA-ÍNDIA revigora o cabelo.

- O LEITE DE AVEIA é a fórmula de limpeza menos agressiva e confere uma grande suavidade. Pode usar os xampôs que a contêm para lavar o seu cabelo diariamente.


- Se os seus cabelos têm tendência a armar com o uso de amaciadores, gel para pentear ou spray, misture 1 colher de sopa de BICARBONATO DE SÓDIO com o seu champô comum uma vez por semana. Enxagúe e seque normalmente.

- Se o seu cabelo tem coloração artificial que precisa de retoques ou simplesmente se deseja melhorar seu próprio tom de forma natural, loções feitas com ervas dão reflexos ou profundidade e são baratas. Se quiser testar loções de ervas, faça-o sem medo. O efeito delas é tão subtil que não há risco real. No entanto, evite cores de frutas cítricas e de vegetais. Não use limão ou sumo de beterraba, por exemplo. Eles são imprevisíveis ao longo do tempo e muito afectados pela exposição ao sol. O sumo de limão e o sol podem deixá-la mais loira na primeira vez que usar, mas após vários tratamentos, a cor do seu cabelo vai ter tantos tons quanto um tronco de árvore.

- Dê mais brilho ao seu loiro: faça infusão de duas colheres de sopa de CAMOMILA seca e duas colheres de sopa de calêndula em 950 ml de água a ferver, por meia hora. Certifique-se de que não está quente demais e espalhe pelo cabelo molhado.

- Dê brilho aos cabelos escuros: no lugar das ervas acima, coloque SÁLVIA e ALECRIM. Para um brilho extra, adicione uma colher de sopa de vinagre de cidra.

- Dê vida aos ruivos: misture uma colher de sopa de MEL com duas de AÇAFRÃO e adicione 950 ml de água a ferver. Deixe por meia hora, verifique a temperatura e passe suavemente sobre o cabelo molhado. Enxagúe no final.

- Para ajudar no caso de cabelo oleoso experimente uma vez por semana misturar meio copo de SUMO DE MAÇÃ (de preferência, natural) com meia colher de VINAGRE BRANCO. Colocar a mistura sobre os cabelos molhados (após a lavagem), e deixa actuar durante 30 minutos! Depois retirar com água tépida (nunca demasiado quente)! Esta mistura ajudará a retirar a oleosidade ao cabelo, conferindo-lhe um maior volume!

- Para cabelos secos pode fazer a seguinte máscara em casa: juntar duas colheres de MAIONESE com meia colher de MEL. Misturar bem estes dois ingredientes e colocar a mistura sobre os cabelos, deixando-a actuar durante cerca de 10 a 15 minutos. Sente-se num sítio ao sol, ou então use o secador do cabelo, de modo a intensificar o tratamento. Depois retire com água tépida e lave normalmente com champô e amaciador.

DICAS- RECEITA CASEIRA PARA O CABELO


dicas para ficar linda

1)Banho relaxante 2 Só use o chuveiro para banhos rápidos. Quando quiser relaxar, encha a banheira e use produtos específicos (o sabonete que solta pétalas de rosas e o que faz espuma extra, da Lush, são boas opções).

2)Volume: Enquanto a escova deixa o cabelo com volume, a chapinha faz o cabelo pesar, ficando mais liso. Para o cabelo não ficar com uma aparência artificial, faça uma touca após a chapinha.

3)Chapinha certa: Faça escova, alisando bem a raiz do cabelo. Depois use a chapinha. Mas, para não queimar o cabelo, afaste a prancha térmica cerca de 5cm da raiz.

4)Cuidados com o penteado: Para tirar marcas de penteado do cabelo, faça uma boa escova. Com os dedos, agite os cabelos (suavemente) de trás para frente, levantando a raiz. Quando o cabelo estiver bem seco, use uma escova pequena somente nas pontas. Depois, é só usar um spray finalizador, arrumar as mechas laterais para trás da orelha e puxar alguns fios para dar movimento ao penteado.

5)Franja lisinha: O segredo para deixar a franja lisa por mais tempo é nunca fazer a escova no cabelo seco. Com a franja molhada e o secador bem quente, o cabelo fica mais liso. Depois é só usar um spray fixador.

6)Baby Liss: O produto usado para o permanente muda a estrutura molecular do cabelo e seu efeito dura até dois meses. Dentre os métodos de ondulamento temporário, o Baby Liss é o mais rápido, seguro e duradouro.

7)Cabelo domado: Para diminuir o volume dos cabelos e definir os cachos, use um produto específico. O ideal é passar pouco creme para o cabelo não ficar oleoso.

8)Volume: O ideal para diminuir o volume dos cabelos é buscar o produto que mais se adeque ao seu tipo. Alguns produtos tiram o cacho e o volume; enquanto outros, definem o cacho, mas aumentam o volume.

9)Cachos: O produto ideal para cabelos cacheados deve conter silicone em sua fórmula.

10)Massagem capilar: Use uma mistura de gema de ovo de pato com babosa. Faça uma massagem no cabelo, coloque um lenço e vá à praia. O tratamento equivale a um banho de creme.

11)Receita caseira: Passe maionese no cabelo e deixe por 20 minutos. Quem quiser, pode usar touca térmica ou toalha quente.

12)Anti-resíduos: Sempre enxágue os cabelos com água mineral. E para limpar, use uma mistura de água e vinagre. Aplique a solução antes de passar o condicionador, dando ênfase à raiz dos cabelos.

13)Branco mais branco: O vinagre tira o amarelado do cabelo branco. Lave bem o cabelo e aplique o vinagre, diluído em água bem gelada.

14)Realce a cor: Se o cabelo está todo branco, você pode pintar alguns fios de preto, castanho claro ou cinza. Depois, use um xampu que contenha corante azul e os fios amarelados ou queimados pelo sol serão banidos.

15)Branco, sim :Se quiser realçar os fios brancos discretamente, use o tonalizante Clove Collor Conditioner, da Aveda, que só dá uma leve acastanhada nos fios brancos.

16)Sem manchas: Quando pintar o cabelo de preto, coloque um pouco de tinta azul para evitar manchas avermelhadas.

17)A cor certa: Tinturas escuras envelhecem. Se a sua pele for clara, use tons vermelhos, acobreados e dourados. Se for morena, aposte em tons mais fechados, pois as cores quentes ficariam gritantes.

18)Preserve a cor :Quando tingir o cabelo não use o vaporizador. A descoloração e o vaporizador abrem a cutícula do fio e a tintura pode ficar comprometida.

19)Queda: Para previnir a queda de cabelo masculina é preciso consultar o dermatolo-gista e manter uma série de cuidados. Proteja o cabelo do sol e use um shampoo anti-resíduos.

20)Xampu: Para o xampu não agredir o cabelo, dilua 2/3 do produto em ½ litro de água mineral.

DICAS PARA OCABELO





Condicionador:O condicionador não precisa ser necessariamente da mesma marca que a do xampu.

Ação Quimíca:No inverno ou em ambientes com ar condicionado frio os processos químicos demoram mais para agir.

Antes de Dormir: Tenha por hábito pentear bem seus cabelos antes de dormir.

Cabelos Brancos:Quando os cabelos possuem alta concentração de fios brancos e são muito resistentes à coloração, deve-se utilizar o sistema de pré-pigmentação.

Cabelos Cacheados:Para cabelos cacheados, use um ativador ou restaurador de cachos, como leave in, e amasse os cabelos com as mãos. Ao colocá-lo, seus cachos ficarão definidos.

Cabelos Lindos:Cabelos lindos são sempre bem tratados e cuidados. Não bastar fazer químicas.

Cabelos Molhados:Não escove os cabelos molhados. Prefira um pente de dentes largos.

Caspa e Queda:Lavar os cabelos diariamente não traz problemas; se puder, lave-os dia sim, dia não, principalmente no inverno, será melhor para seus fios, mas não deixe com que sua raiz fique oleosa, excesso de oleosidade no couro cabeludo causa caspa e queda.

Desembaraçando os Cabelos: Desembarace os cabelos ainda úmidos, use pente de dentes largos, cremes sem enxágüe facilitam o trabalho.

Gestantes:Gestantes devem consultar seu médico antes de fazer qualquer química nos cabelos.

Hidratação:Seus cabelos precisam de hidratação, assim como você precisa beber água para não se desidratar.

Não Acorde Descabelada:Dormir com os cabelos molhados pode fazer com que você acorde com eles indisciplinados.

Os Fios Podem Quebrar:Não durma com os cabelos presos; os fios podem quebrar.

Prendendo os Cabelos:Não prenda os cabelos quando estão molhados ou úmidos. Isso pode tanto marcar como quebrar os fios.

Temperatura da Água:Para lavar os cabelos, observe a temperatura da água que vai utilizar; o ideal é que seja água morna.

Secador:Se você usa muito o secador, proteja seus cabelos. Calor demais desidrata.

DICAS-COMO CUIDAR DE SEUS CABELOS




COMO CUIDAR DE SEUS CABELOS



Em se tratando de cabelo algumas regras básicas se fazem necessárias para manter os cabelos sempre bonitos e saudáveis. Assim como fazemos com as plantas existe um tempo certo para a poda, os cabelos também precisam de uma atenção especial.


Cabelos Curtos


•Os cabelos curtos (orelhas e nuca de fora), tanto femininos quanto masculinos, devem cortados a cada 25 dias, ou seja, em menos de um mês
•Nunca deixar que ultrapasse este tempo, caso contrário os cabelos perdem o corte, perdem as costeletas e ficam sem o pé
•Este mesmo tempo deve ser seguido pelas mulheres que usam franja


Cabelos Médios


•Os cabelos médios precisam ser aparados a cada quarenta e cinco dias, ou seja, a cada mês e meio
•Nunca deixar que ultrapasse este tempo, caso contrário os cabelos embaraçam, não crescem e caem, formando pontas duplas, triplas, quádruplas e assim por diante


Cabelos Longos


•Como para os cabelos médios, os cabelos longos precisam ser aparados a cada quarenta e cinco dias, ou seja, a cada mês e meio
•Da mesma forma, nunca deixar que ultrapasse este tempo, caso contrário os cabelos embaraçam, não crescem e caem, formando pontas duplas, triplas, quádruplas e assim por diante.

DICAS -INVESTINDO NOS CABELOS


Você não mede esforços para estar com a aparência sempre em dia.

Economiza para comprar aquele produto tão almejado.

Procure fazer um investimento certo. Sabendo o que comprar e como usar, não vai faltar satisfação. O retorno será sua auto-estima fortalecida.

Pense sempre no custo X beneficio que o produto certo, e usado de forma correta, pode lhe proporcionar.

Produtos mais potentes, mais cosméticos, trarão resultados garantidos. Apesar de serem mais caros, duram mais tempo, pois são usados em pequenas quantidades. Sem falar nos resultados... Tais produtos seguram mais a cor, diminuem o volume dos fios e/ou dão volume aos cabelos, dependendo do que for utilizado. Sendo assim, deixam os cabelos mais tratados e com mais brilho. Suas idas ao salão podem diminuir; conseqüentemente, você pode reduzir suas despesas.

Aprenda a finalizar os cabelos. A utilização de produtos profissionais e de qualidade é fundamental para manter os cabelos protegidos, disciplinados e hidratados. Eles representam o acabamento final.

Tratar os cabelos deve ser um hábito diário. Deixe para o salão procedimentos mais elaborados, como tratamentos mais profundos, cortes e químicas.

Um bom corte de cabelos deve durar em torno de três meses.

Saiba que qualquer procedimento feito nos cabelos requer manutenção em casa!

Escolha sempre um bom profissional; preço baixo freqüentemente não é garantia de um bom trabalho com bons produtos.

Evite o uso de produto em grande quantidade, prefira qualidade. Saiba que o produto utilizado de maneira correta e escolhido com segurança (específico para seu tipo de cabelo e problema), trás ótimos resultados.

Evite o desperdício.

DICAS -CONHECENDO OS CABELOS






Nossos cabelos são muito mais do que a moldura do rosto; eles também servem de protetor térmico para nosso couro cabeludo. Conhecer um pouco mais nossos cabelos vai nos ajudar a entender melhor como tratá-los, do mais necessitam e como os produtos atuam em sua estrutura.

Os cabelos são fibras naturais formadas por células mortas queratinizadas (somente na base encontramos células vivas).

Eles se formam dentro de uma estrutura localizada na derme que se chama folículo piloso. Na base desta estrutura, encontra-se o bulbo capilar (raiz do cabelo), onde fica a papila, responsável pela nutrição do bulbo. Lá estão as células germinativas, cuja reprodução dá origem à queratina, uma das principais proteínas que constitui o fio do cabelo.

Ligada ao folículo piloso, encontra-se as glândulas sebáceas que produzem o sebo, responsável pela lubrificação dos fios e do couro cabeludo.

Externamente, na superfície do couro cabeludo e recobrindo os fios, existe um manto protetor formado pela secreção das glândulas sebáceas e sudoríparas, e apresenta-se levemente ácida.

Cada folículo piloso produz somente um fio de cada vez. Normalmente o ser humano possui, em média, de 90.000 a 100.000 fios de cabelo.

A estrutura do fio de cabelo é constituída por três camadas:

1- MEDULA: É o centro do fio do cabelo, chamamos de espinha dorsal do fio. Em cabelos danificados ou traumatizados por produtos químicos, a medula pode apresentar-se quebrada ou até ausente.

2- CÓRTEX: é a segunda camada camada do fio e é onde se encontra o pigmento natural (melanina) que, por sua vez, processa a coloração.

3- CUTÍCULA: É a camada externa do fio. É composta por infinitas escamas sobrepostas, semelhante a de um telhado. É nela que encontramos a queratina, importante na elasticidade dos fios. A cutícula forma uma barreira à penetração de agentes químicos para o interior do fio. Sua deteriorização pode ser causada por vários fatores, agentes mecânicos (escovar, pentear, secar), meios químicos (xampus não equilibrados, colorações, permanentes, descolorações, alisamentos) ou agentes externos (água do mar e da piscina, vento e sol).

Quanto à sua estrutura, os fios podem ser conhecidos:

- Pelo seu diâmetro: finos, médios ou grossos.

- Pelo seu volume: espessos ou ralos

- Pela sua estrutura: lisa ou cilíndrica, ou seja, ondulada ou crespa, e, neste caso, chamamos de cabelos prismáticos.


Conhecer um pouquinho mais nossos cabelos nos ajudará no diagnóstico
dos fios, seja para um tratamento ou para a aplicação de algum agente químico.

DICAS -CABELOS IGUAIS AOS DO SALÃO






Ir ao salão, mesmo que seja somente para lavar os cabelos e fazer uma escova básica, deixa os fios brilhantes e soltos.

Então qual é o segredo?

É na lavagem dos cabelos que tudo começa...

Lavar os cabelos com produtos de qualidade e de linha profissional é o primeiro passo no salão.

Lembrando que a temperatura da água é importante, e a quantidade de produto a ser utilizado também. Isso, com certeza, faz a diferença.

Limpe totalmente os fios, reaplique o xampu se necessário. Xampus comuns contêm muito detergente e modificam o pH dos cabelos.

Tanto xampu como condicionador deve ser completamente retirado dos cabelos, não podendo ficar resíduos desses produtos.

Ao aplicar o condicionador, massageie bem os fios. Produtos de qualidade funcionam como uma mini hidratação.

O condicionador é que vai fechar as escamas dos fios e protegê-los até a próxima lavada. Lembre-se disso. Invista em um bom condicionador.

A toalha serve para retirar o excesso de umidade dos fios. Nunca friccione os fios, apenas os comprima levemente contra os cabelos. Os fios molhados ficam mais frágeis. Enrole a toalha nos cabelos sem comprimir demais, faça um turbante e depois aplique um leave-in.

Deixe seus cabelos secarem ao natural ou utilize um secador.

Os produtos de finalização podem ajudar bastante, como, por exemplo, ceras, pomadas, sprays de brilho, ativadores de cachos, defrizantes, enfim, use a imaginação.

DICAS - CABELO -CICLO DE VIDA DOS CABELOS






O cabelo é uma estrutura córnea, cilíndrica, derivado de um anexo peculiar da epiderme.

O folículo piloso está cravado na derme, parte mais ativa da pele, e é irrigado por numerosos vasos capilares sangüíneos, principalmente ao nível de sua base, onde se situa a papila dérmica, que é local onde o cabelo é gerado.

Neste local, na papila dérmica, as células germinativas, ou queratinócitos, vão se dividir em células filhas que, pouco a pouco, são empurradas para cima pelas células que acabaram de nascer e se ¨queratinizam¨ para, então, formar o cabelo.

O cabelo vive e morre de acordo com um ciclo regular e de duração diferente. Este ciclo é composto por três fases:

- Fase do crescimento: conhecida como fase anágena, dura, em média, quatro anos. As células da papila dérmica se dividem permanentemente e empurram as precedentes para cima. O cabelo cresce.

- Fase de repouso: conhecida como fase catágena, dura, em média, de duas a três semanas. A divisão celular diminui e depois cessa. O cabelo não cresce mais.

- Fase da queda: conhecida como fase telógena, dura de dois a três meses. Os cabelos não crescem mais. A papila, local por onde o fio recebe nutrição através dos capilares sangüíneos, reativa-se, e um novo fio de cabelo aparece, empurrando o cabelo morto que cai.

Na vida de um ser humano, cada folículo pode produzir cerca de vinte cinco ciclos. Um cabelo equilibrado compreende aproximadamente 85% de cabelos em fase anágena e 15% em catágena e telógena.

Quando, por razões diversas, hereditariedade, doença, influência hormonal entre outras a fase telógena dura mais que a anágena, há a queda.

A queda de cabelo pode ser ocasional, não havendo redução do volume de cabelo, ou crônica, quando há a redução de volume.

DICAS -CABELOS FINOS, LISOS E SEM VOLUME






Tanto quanto outros tipos de cabelo, os finos, lisos e sem volume são um problema para quem os tem. Determinado geralmente pela nossa genética, esse tipo de cabelo tem tendência à oleosidade no couro cabeludo, e já sabemos que a propensão à queda é certa.

Lavá-los, às vezes quase que diariamente, é a solução. Isso não prejudica os fios; pelo contrário, não deixa sua raiz com oleosidade, porém procure usar xampus e condicionadores suaves. Algumas marcas no mercado podem lhe conferir um volume extra e são apropriadas para esse tipo de cabelo.

Um corte que valorize seu rosto e seus fios se faz necessário, sendo que você pode ousar nos desfiados e repicados.

Caso tenha preferência por cabelos mais longos, convém que seja na altura dos ombros, levemente repicado nas pontas, o que confere movimento e volume.

Os cabelos super curtos e muito desfiados, se combinarem com seu estilo, também são bem-vindos.

Abuse na finalização. Os produtos podem a auxiliar, entre mousses e gel, você encontra opções para dar volume aos seus fios. Prefira sempre produtos que não contenham álcool. Não esqueça do secador, bem como de usar a escova certa. A temperatura deve ser morna. Procure sempre secar os fios de baixo para cima, finalizando com jato de ar frio para fechar as escamas e conferir brilho aos fios.

Lembre-se de que o fato de ter cabelos finos, lisos e sem volume não dispensa tratamentos. Por serem geralmente muito frágeis, os cabelos se quebram facilmente, além de enredarem bastante. Sempre reponha nutrientes nos seus fios para que eles fiquem fortes e saudáveis. Portanto, HIDRATE sim, se possível semanalmente ou quinzenalmente, dependendo da necessidade.

Fios finos, lisos e sem volume também dão trabalho

DICAS -CABELO-ESCOVA DE SALÃO








Com alguns cuidados e dicas, podemos conseguir aquele visual da escova feita no salão. Veja o passo a passo:

- Lave seus cabelos com xampu e condicionador, enxaguando-os bem. Não deixe resíduos destes produtos nos cabelos;

- Retire o excesso de água dos fios com a toalha delicadamente e aperte a toalha contra os fios;

- Aplique um “leave in”, de preferência para os produtos termoativados, isto é, ativados com o calor. Existem produtos que se chamam alisantes sem química, próprios para escova, ou defrisantes, todos para escovas lisas;

- Tire levemente o excesso de água dos fios com o secador e divida os cabelos em pequenas mechas, pois fica mais fácil. Comece a secar primeiramente pela raiz;

- Depois de secar bem a raiz, preocupe-se com o restante do fio, tracionando-o com a escova ao mesmo tempo em que utiliza o secador. Lembre sempre de secar de cima para baixo para que os fios não fiquem arrepiados;

- Deve ser observada uma distância entre o secador e os fios para que eles não queimem. Os movimentos de deslizamento da escova com o secador devem ser rápidos. Mantenha a escova rodando para que seja ativado o brilho dos fios.

Você tem que praticar; só assim conseguirá manipular adequadamente os acessórios.

* Dica: Potências de 1.600watts são suficientes para alisar os cabelos. Se for escovar uma pequena área como franja ou redemoinho, use a posição baixa do secador. Se for toda a extensão dos fios, use a posição alta. Seja prudente: utilize secador para escova no máximo duas vezes por semana

DICAS -CABELO DE CRIANÇA





Criança tem que ser criança!

Cabelos curtos, médios ou longos com base reta... Se usar franja, devem ser curtas para não atrapalharem a visão.

Cabelos médios ou longos podem ser presos com rabos de cavalo, tranças, tic-tac, presilhas de cabelos coloridas, afinal, criança tem que ser criança tem que ser alegre e divertida. E os cabelos devem acompanhar seu ritmo.

Xampus e condicionadores infantis contêm fórmulas suaves, que não agridem os cabelos infantis.

As químicas não são recomendadas em cabelos infantis, ao menos até a criança ter noção dos cuidados que se devem ter com seus cabelos.

Para cabelos infantis, é aconselhável e suficiente que se utilize xampu, condicionador e um creme sem enxágüe, que ajuda a desembaraçar os cabelos.

Produtos como aloe vera, silicone, proteínas, com pH balanceado, além de fragrâncias suaves, fazem a cabeça da meninada, pois deixam os cabelos infantis macios, cheirosos e fáceis de pentear.

A vaidade infantil é positiva e deve ser estimulada desde cedo; todavia, pular etapas pode ser perigoso.

Pelo fato da puberdade chegar cada vez mais cedo, principalmente no caso das meninas, é complicado determinar uma idade para que elas comecem de fato a se preocupar com os cuidados com seus cabelos. Este é o estágio em que elas querem ficar mais bonitas.

É neste estágio, da puberdade que elas pensam em fazer os procedimentos muitas vezes químicos da moda, mas precisam ser orientadas sobre os cuidados que devem ter ao optarem por esses métodos, bem como os riscos que podem correr.

As empresas de cosméticos já se deram conta disso. Grandes marcas de cosméticos já têm sua divisão de produtos para uso infantil. Tais produtos são recomendados por serem apropriados aos cabelos do público a que se destinam.

DICAS- CABELO-SAL, SOL, MAR E PISCINA






Os cabelos sofrem com a chegada do verão.

Cabelos coloridos ficam opacos, sem brilho, desbotados. Cabelos com outros processos químicos como relaxamento, alisamento, escovas progressivas, etc., necessitam de cuidados redobrados.

As radiações solares, aliadas ao sal do mar e o cloro da piscina, acabam abrindo as cutículas dos fios, fragilizando os cabelos e permitindo que se perca água, proteínas e vitaminas que compõem a estrutura do fio.

Com as cutículas abertas, os fios ficam ásperos, porosos e podem quebrar com facilidade. É necessário devolver a umidade para os cabelos e fechar as suas escamas.

Prepare seus cabelos com antecedência para não sofrer os danos depois. Nenhuma máscara milagrosa vai fazer você recuperar os fios rapidamente dos danos que sofreram durante o verão, sem os cuidados necessários.

Segundo Eva Oliveira, responsável técnica da distribuidora Keune no Rio Grande do Sul, é muito importante a prevenção. Por isso, a empresa desenvolveu uma linha específica, a Sun Care Line, que protege não só os cabelos, mas também o couro cabeludo, dos raios ultravioletas e do calor.

Os produtos Keune Sun Care Line contêm um filtro UV especialmente desenvolvido para a proteção do cabelo. O filtro protege os fios dos efeitos nocivos do sol.

A empresa Alfaparf também possui a linha Solemare, preventiva para os cabelos. Essa linha promete atuar diretamente contra as ações nocivas de agentes externos como o sol, sal do mar, cloro, vento, entre outros. Solemare hidrata, diminui a oxidação e dá brilho ao cabelo.


- Sempre que sair do mar ou da piscina, procure enxaguar os cabelos com água corrente; na sua falta, use água mineral.

- Reaplique sempre que possível um produto protetor nos cabelos.

- Lave os cabelos semanalmente com xampu especial anti-resíduos ou limpeza profunda que seja suave, o que vai ajudar a retirar os resíduos de cloro, sal e produtos sem enxágüe utilizados nos fios.

- Intensifique as hidratações. Se possível, faça duas vezes por semana.

- Não prenda os cabelos molhados ou úmidos, para que não fiquem marcados.

- Como o verão pede muitas vezes cabelos presos, lembre-se de que elásticos apertados demais tracionam os fios, podendo quebrá-los.


Aproveite o verão, mas não esqueça de ter cuidados especiais com seus cabelos

DICAS - BELOS LOIROS, CASTANHOS OU VERMELHOS?





CABELOS LOIROS: Para quem tem cabelos loiros naturais, mas quer dar uma iluminada no visual, uma boa opção é fazer mechas finas, de um a dois tons mais claros que sua cor natural.

Durante alguns meses, você não precisa pensar em retoques, uma vez que, a moda é raiz mais escura.

Esse tom de luzes combina com pele e cabelos naturalmente mais claros. Use produtos específicos para cabelos loiros e faça hidratações semanais. Isso mantém seus fios saudáveis.


CASTANHOS: Para cabelos naturalmente castanhos, você pode fazer mechas douradas ou em tom de caramelo nas pontas dos fios. Mechas irregulares estão na moda e podem começar abaixo das orelhas. Se a cor natural dos seus cabelos for um castanho escuro, você pode quebrar essa monotonia com mechas do tom que preferir.

As mechas em cabelos castanhos combinam com todos os tons de pele. Mechas irregulares dão leveza ao visual. É fundamental usar produtos específicos como xampu, condicionador e leave-in com filtro solar. Hidratar semanalmente também é importante para evitar pontas duplas e espigadas.


VERMELHOS: Os cabelos vermelhos fazem sucesso desde os tons de vermelho fechado ao ruivo ou acobreado. Fios vermelhos ficam bonitos sem mechas. Essa cor tende ao desbotamento; portanto, hidrate bem os fios e evite lavagens excessivas, principalmente se seus cabelos forem coloridos desta cor.

Evite o uso de xampu anti-resíduos e água quente demais nas lavagens. Só se exponha ao sol com chapéu, boné ou protetor solar nos cabelos. Essa cor desbota facilmente.

Os tons vermelhos combinam com peles branquinhas ou rosada


fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS- CABELO -ALTURA E TOM


Afinal, o que é altura de tom? Você já deve ter ouvido muito falarem nisso, mas sem saber exatamente do que se trata.

Em coloração, é muito comum o termo altura de tom, que é muito importante para que se identifique exatamente a cor de um cabelo.

Altura de tom é a equivalência entre a cor natural (1 a 10 na cartela de cores das colorações) em relação a um cabelo colorido, independentemente da cor fantasia aplicada.

Vejamos um exemplo:

Os cabelos têm uma cor natural na raiz de um numero 4.0 (castanho médio) e estão coloridos de cor 7.0 (loiro médio). Depois de um mês, teremos 1 cm de cor natural na raiz, que é o crescimento da cor natural. No restante dos fios, do comprimento às pontas, os cabelos estão tingidos há uma altura de tom que deve ser identificada, pois há um desbotamento natural da cor tingida, independente dos reflexos que este cabelo possa apresentar (vermelho, cinza, dourado, etc.).

Se você não identificar exatamente a altura de tom dos cabelos, pode cometer um erro e aplicar uma cor mais clara, não chegando ao objetivo desejado, já que tinta não clareia tinta.

Cabelos coloridos requerem fórmulas de qualidade para tratá-los, pois produtos detergentes desbotam as colorações rapidamente. Quanto ao brilho, cabelos saudáveis possuem escamas fechadas, ou seja, com mais brilho.

Dessa forma, após a coloração na hora do enxágüe, utilize produtos que preservem a coloração (seja ela permanente ou apenas tonalizante), fechem as escamas e sejam ácidos (pH baixo). Seus cabelos agradecem!


fonte:www.cabeloslindos.com

DICAS- CABELO-REFLEXOS, LUZES, MECHAS OU BALAYAGE?


,

Você disse que fez reflexo, sua amiga afirma que são luzes e o cabeleireiro diz que foi balayage ou mechas.

Nomes diferentes, mas o mesmo efeito: é o de LUZ com contraste entre o claro e o escuro. Tal contraste se modernizou, e hoje podemos criar efeitos multicores com pó descolorante e coloração com efeitos diferentes nos fios.

Podemos fazer as chamadas mechas de cores invertidas ou inversas, usando coloração em tons mais escuros em cabelos muito claros, tingidos ou naturais.

Caso você resolva procurar ajuda de um profissional, converse muito com ele antes, deixe bem claro o que você quer para que não haja confusão.

O ideal é você mostrar fotos de revistas ilustrando como gostaria que ficassem seus cabelos.

Sempre que optar por vários tons de reflexos ou mechas num mesmo cabelo, estará fugindo do tradicional, onde se utilizava só uma tonalidade. Os métodos modernos utilizam tons diferentes em um mesmo cabelo, criando efeitos ousados.

Leve em consideração que qualquer química anteriormente utilizada, bem como seu tipo de cabelo (crespo ou liso) pode interferir no resultado final. A partir desta análise, a técnica a ser utilizada deve ser avaliada.

Sugestão de reflexos para cada cor de pele:

- Pele clara: dourados, champanhes e acobreados.

- Pele amarelada: marrons, chocolates e tons escuros.

- Pele morena: marrons, acobreados e vermelhos.

- Pele negra: acobreados, vermelhos e acajus.

Procure informar-se sobre as possibilidades existentes antes de tomar uma decisão; os cabelos agem diferentemente em cabelos com outros tipos de químicas ou em cabelos já coloridos. É necessária uma avaliação da cor natural, atual e do que já foi utilizado, para que se possa obter o resultado correspondente às suas expectativas



fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS -CABELO -NÃO GOSTEI DA COR. E AGORA?






Quem disse que só nós, pobres mortais, erramos ao colorir os cabelos? Às vezes também vamos ao salão e não gostamos do efeito final.

Tanto no salão como em casa, em muitas ocasiões, tentar corrigir o erro pode parecer uma tortura.

Algumas dicas para concertar erros mais comuns podem lhe ajudar:


1- A cor não ficou igual à da caixinha:

Você olhou todas as cores de cabelos da modelo, das caixinhas de coloração, até escolher a que mais combina com você. Chegou em casa, aplicou a tintura e, ao secar os cabelos, levou um susto! Nada parecido com a cor escolhida. Saiba que a cor de referência é sempre a natural; se os cabelos já têm coloração, o resultado não vai ser a cor escolhida, ela depende sempre da cor atual dos cabelos.

Solução: aguarde até a quinta lavada para solucionar o problema. A cor aplicada provavelmente vai desbotar e, então, você resolve o que fazer ou procura um profissional para lhe orientar.


2 - O cabelo ficou manchado:

Talvez seus cabelos já estivessem porosos. Cabelos porosos sugam a coloração como esponja suga a água. Neste caso, você deveria ter: aplicado uma quantidade maior de coloração, ou feito uma hidratação prévia nos cabelos.

Solução: aguarde até a terceira lavada e reaplique o produto. Veja se a volumagem do oxidante foi a correto.


3 - As mechas ficaram muito claras:

Mechas ou luzes sempre dão trabalho porque ressecam muito os fios ou o tom com que ficaram não combina com você.

Solução: neste caso, não pense duas vezes... utilize um totalizante de um tom mais escuro que a cor de suas mechas. Elas ficarão mais suaves.


Pense bem antes de mudar a cor dos seus cabelos. Não se deixe influenciar pela moda, pelas famosas ou pela amigas. Esteja preparada se quer mudar. Observe seu estilo.

A cor deve ser escolhida combinando com o que você quer. Se não tiver certeza, adie a idéia.

Antes de usar cores difíceis de sair dos cabelos, como preto e vermelho, esteja certa de que é isso que você quer.

Se você não tiver condições de manter o procedimento, de tratar os fios e de usar bons produtos, é melhor nem mudar os cabelos, deixe como está!

DICAS- CABELO -DESCOLORAÇÃO CAPILAR : CUIDADO






Um dos procedimentos que mais agride os fios é a descoloração, seja ela global (em todo o cabelo), em forma de mechas, de luzes, em cabelos naturais ou coloridos. Em uma descoloração, os danos são visíveis.

Pela ação do pó descolorante com o oxidante, a força química da mistura dos dois produtos abre as escamas dos fios e penetra no seu interior para retirar os pigmentos de dentro dos cabelos.

A mistura do pó descolorante e da água oxigenada pode não apenas retirar os pigmentos dos fios, mas tudo o mais que o cabelo tiver, como as proteínas, os aminoácidos e as vitaminas. Caso o pó descolorante e a água oxigenada não encontrem o que tirar de dentro dos fios, estes podem se partir ou ficarem elásticos, porosos, desestruturados, muito ressecados, enfim, os prejuízos são muitos.

Dica: Prepare previamente seus cabelos e trate-os bastante depois, devolvendo aos fios o que foi perdido no procedimento.

A volumagem do oxidante a ser usado pode ser de 20vol., 30 vol. ou 40 vol. Tudo vai depender da tonalidade dos cabelos e da cor que desejada.

Não existem diversos tipos de descoloração e, sim, diversos graus de descoloração; isso será determinado pela volumagem do oxidante e pelo tempo de exposição dos cabelos ao produto.

Lembre-se de que, quanto maior o tempo durante o qual o produto ficar nos fios e a volumagem do oxidante a ser utilizado, maior será o clareamento e, dessa forma, maiores serão os danos.

Quem deseja fazer descoloração nos fios, independente da forma com que será realizado o procedimento (com mechas, luzes ou total), deve realizar um teste de mechas antes.

Através do teste de mechas, será possível determinar as condições dos fios para receberem o procedimento, bem como antever possíveis irritações, alergias ou lesões aos cabelos e couro cabeludo.

Não faça descoloração em cabelos que estão danificados; pode provocar quebra ou queda dos f

fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS - CABELO -CLAREAMENTO ESPALMADO





Não são luzes, nem mechas, nem reflexos, nem balayagens. O método está super na moda e consiste em deixar as pontas dos cabelos mais claras, contrastando com a raiz, que deve estar mais escura. O aspecto fica natural e pode ser feito em cabelos naturais ou coloridos.

Os cuidados devem ser os mesmos que se tem ao aplicar pó descolorante com oxidante nos cabelos. A técnica é a cara do verão. Muitas modelos já aderiram a essa moda.

Siga o passo-a-passo, que é bem simples:

1- Os cabelos devem estar secos e desembaraçados.

2- Jogue os cabelos para trás, com o pó descolorante já misturado ao oxidante, e espalhe a mistura nas mãos com luvas de plástico ou apropriadas para químicas.

3- Aplique a mistura nas pontas dos fios aleatoriamente, espalmando os fios, do meio dos cabelos para as pontas em todas as camadas.

4- O tempo de ação você deve controlar depende da intensidade do clareamento que desejar.

Tenha cuidados redobrados com os cabelos, uma vez que se trata de uma descoloração, e sempre as pontas dos cabelos são locais mais fragilizados, onde contém acúmulo de outras químicas, principalmente se você não corta as pontas regularmente.

DICAS - CABELO -TIPOS DE COLORAÇÃO






PERMANENTE: Escolha essa coloração se quiser clarear ou escurecer os cabelos em até três a quatro tons da cor natural. Cobrir cabelos brancos cem por cento. A cor original volta quando a raiz começa a crescer.

SEMIPERMANENTE: Revitaliza a cor típica, intensificando-a. Não clareia, pois não tem amônia, apenas um baixo teor de oxidante. Não cobre totalmente cabelos brancos. Sai gradativamente.

TEMPORÁRIA: É uma maquiagem para os cabelos, colore superficialmente, não contém amônia nem oxidante, não cobre cabelos brancos, não altera a cor. Pode ser dividida em tonalizantes, rinsagens e henna.

RINSAGENS: Acrescenta reflexos aos fios brancos. Não altera a cor natural, contém corante, mas não contém amônia. Dura em média cinco lavadas.

TONALIZANTES: Não contém amônia, mas contém baixa concentração de oxidante, às vezes, água oxigenada com uma volumagem muito baixa (menos de 10vol). Maquia os fios brancos, como não tem alta fixação da cor, sai em torno de oito a doze lavadas.

HENNA: Extraída de plantas, o pó encorpa os fios finos e lisos, dependendo da cor natural, os tons vermelhos podem se intensificar. Existe a henna neutra que apenas confere brilho. Quando existe alta concentração de fios brancos deve-se cuidar a aplicação da cor preta, pois podem deixar os fios com reflexos azuis ou verdes. Dura em torno de dez lavadas.
fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS-COLORAÇÃO - CUIDADOS ESPECIAIS





Se você, ao colorir os cabelos, não quiser errar no procedimento, siga algumas dicas e fique atento. Sugerimos alguns cuidados especiais e importantes para que tenha uma cor uniforme e fios saudáveis:

A regra número 1 é seguir à risca as instruções da bula do fabricante no que se refere às proporções de mistura da coloração com o oxidante. Por mais experiência que você tenha, não dose a olho nu; para isso, existem os medidores.

Controle o tempo de ação do produto depois de aplicado nos cabelos. Se for retirado antes do tempo, você pode obter um efeito totalmente diferente do desejado; se retirar muito tempo depois, você pode ter seus cabelos danificados, pois a coloração tem seu tempo de ação, sendo que, depois desse tempo, não age mais, porém pode danificar os fios.

Para um retoque de raiz, evite passar a coloração na parte já colorida.

Ao menos um dia antes da coloração, fique sem lavar os cabelos. Desta forma, estará amenizando a reação do couro cabeludo com a amônia presente na coloração.

Utilize recursos como a pré-pigmentação e a mordançagem para cobertura de cabelos brancos.

“Cada caso é um caso”; portanto, antes de colorir os cabelos em casa, informe-se da forma com a qual vai fazer o procedimento. Em alguns casos, a coloração deve começar pela nuca; em outros, pela parte da frente da cabeça.

Em alguns casos, você só vai obter bom resultado se a coloração for global (raiz, comprimento e pontas dos cabelos). Em outros, a coloração deve ser aplicada das pontas em direção ao crescimento (raiz).

Antes de colorir os cabelos, procure informações, evitando, assim, diferença de cor da raiz para o restante dos fios, além de cabelos manchados, sem brilho e danificados.

O mercado possui atualmente produtos pós-coloração de ótima qualidade. Nutrição nos fios ainda é o segredo de cabelos coloridos, brilhosos, lindos e que não desbotam.

fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS - CABELOS VERMELHOS


Modernos, ousados, sedutores e intensos. Assim são os cabelos vermelhos. Para concretizar esse sonho, de ter madeixas vermelhas que não desbotem facilmente, alguns cuidados especiais devem ser tomados.

Evite o uso de xampus anti-resíduos ou de limpeza profunda que sejam agressivos demais aos fios. Use produtos específicos para cabelos tingidos, pois eles preservam a cor dos cabelos. Os produtos sem enxágüe devem conter filtro solar.

Cabelos que já foram coloridos com uma cor escura necessitam de decapagem antes da cor vermelha. Os pigmentos das colorações vermelhas são granulosos, motivo pelo qual tendem a desbotar facilmente e, por isso, os cabelos devem ser cuidados com produtos especiais que combatam a oxidação desses pigmentos, que é a primeira causa do desbotamento dos fios.

Escolha uma coloração de qualidade, porque a água, por si só, abre as escamas dos fios, o que pode ocasionar também a oxidação dos pigmentos vermelhos depositados no interior da fibra capilar.

Dicas para sua coloração vermelha ficar com mais brilho:

1 - Entre uma coloração e outra utilize um tonalizante vermelho que deixe sua coloração preservada.

2 - Reforce a cor da sua coloração vermelha com 2cm de “mix” vermelho, isso intensifica a cor.

3 - Misture a sua cor vermelha 2cm de uma coloração dourada. Observe que a cor adicionada deve ser na mesma altura de tom. Ex: Se você utiliza a cor 6.66, adicione 2cm de 6.3, isso dará mais brilho a sua cor.



,fonte: www.cabeloslindos.com.br

DICAS - CABELO -CONHECENDO AS CORES





A cor dos cabelos é determinada geneticamente. Ela é produzida por um pigmento denominado melanina. De acordo com a natureza do pigmento, a sua quantidade e distribuição nos cabelos, pode ser de várias cores.

Eumelanina >> Azul
Feomelanina >> Amarelo
Tricosiderina >> Vermelho

As cores naturais dos cabelos dependem das diferentes proporções das três melaninas acima citadas. As cores naturais dos fios são indicadas na escala de um a dez, sendo um, a cor mais escura e dez, a mais clara, em progressão descendente.

Escala das Tonalidades Naturais:

1.0 Preto
2.0 Castanho escuríssimo
3.0 Castanho escuro
4.0 Castanho Médio
5.0 Castanho Claro
6.0 Loiro Escuro
7.0 Loiro Médio
8.0 Loiro Claro
9.0 Loiro Claríssimo
10.0 Loiro ultra claríssimo

Essas cores são geralmente chamadas de cores básicas ou fundamentais, e geralmente são acompanhadas de um ponto e um zero, ou somente o número. Quando falamos dessas cores, estamos falando sempre de cores naturais, de nascença.
As colorações que estão acompanhadas de outros números, após o ponto ou a vírgula, são consideradas cores fantasias, pois são misturas de cores.
Ex.: 9.1 (loiro claríssimo acinzentado) ou
6.63 (loiro escuro marrom dourado)

São consideradas nuances ou reflexos, os números após a vírgula ou ponto, e se apresentam assim:


1 Cinza
2 Mate
3 Dourado
4 Acobreado
5 Vermelho
6 Violeta ou roxo
7 Marrom



fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS- CABELO - CINCO CONSELHOS DE COLORAÇÃO


Toda coloração permanente cobre fios brancos. Misturar cores fantasias, chamadas de nuances, com cores bases ou fundamentais, é um dos segredos.

A cor base é que vai dar cobertura nos fios brancos; a fantasia é a nuance desejada. A proporção deve ser sempre de 1/3 de fantasia da cor base.

Oxidante de 20vol cobre cabelos brancos, além de dar mais fixação na cor. Ao aplicar a coloração, deixe agir sempre por 50 minutos; esse tempo é necessário e independe da marca da coloração. O tempo é contado a partir do momento em que terminou a aplicação.

Aplique a coloração sempre depositando o produto, não poupe coloração.

Observe a proporção correta de coloração para oxidante, conforme indicação do fabricante.

Para evitar que a cor da coloração desbote, use produtos específicos para cabelos coloridos.

Hidrate sempre os cabelos; cabelos, quando estão porosos, não seguram os pigmentos da cor.

Use coloração de boas marcas, esses produtos tendem a desbotar menos.

Coloração não causa queda de cabelos.

Retoque sempre somente a parte crescida, evitando que a coloração seja colocada em todo o fio, super pigmentando os fios. Se você estiver com queda de cabelos, não é indicada a coloração.

Tonalizantes agridem menos os fios quando são de qualidade e isentos de metais; esse tipo de produto não contém amônia, e o oxidante utilizado é de baixa volumagem. Entretanto, os tonalizantes não cobrem totalmente os fios brancos quando em alta concentração, e não têm o poder de clarear os fios.

Após colorir os fios, utilize uma ampola pós coloração, ou faça uma hidratação nos cabelos. Isso ajuda a segurar os pigmentos, fechando as cutículas dos fios e retendo os pigmentos da coloração.

Com alguns cuidados básicos, você pode garantir um bom resultado na sua coloração.

DICAS- PINTANDO OS CABELOS EM CASA






Material:

Coloração
Pente fino com cabo estreito
Pincel com cerdas
Luvas
Toalha
Pote plástico
Protetor de pele
Capa protetora de roupa


Princípio básico:

Lembre-se de que a coloração permanente tem a capacidade de escurecer, clarear ou criar nuances nos fios. Observe bem a cor natural de seus cabelos. Se eles já receberam algum tipo de coloração ou tonalização, já não são mais naturais. Atenção: tinta não clareia tinta.

A volumagem da água oxigenada escolhida é importante no resultado final. Saiba que ox de 10vol não abre nenhum tom; apenas fixa a coloração ou neutraliza um tom indesejado. Ox de 20vol abre um tom e fixa a cor. Ox de 30vol abre dois tons. Ox de 40vol abre até três tons. Isso se aplica sempre em cabelos virgens, ou seja, que não receberam nenhum tipo de coloração.


Aplicação:

Conforme orientação do fabricante, misture a água oxigenada com a coloração. Observe as proporções indicadas. No caso de estar usando uma bisnaga de coloração e a água oxigenada separadamente, se for em KIT, as proporções já vêm dosadas, é só misturar.

Cabelos naturais: Em cabelos que nunca receberam nenhum tipo de coloração, o processo de aplicação pode ser diretamente da raiz às pontas. Comece pela nuca.

Retoque de raiz: Se sua raiz necessita apenas de retoque, basta colocar a coloração diretamente na raiz.

Troca de cor: caso seus cabelos já estejam com coloração, mas a raiz esteja natural, e você quer trocar de cor, a aplicação deve ser das pontas em direção a raiz, deixando os locais onde os cabelos estão naturais para depois. Aplique em todos os fios e deixe agir por 20 minutos, contados a partir do término da aplicação, e, então, recomece a aplicar em toda a parte crescida. Terminado o processo, aguarde 15 minutos e lave os cabelos.



fonte:www.cabeloslindos.com.br

DICAS- CABELO- VOCABULÁRIO DA COLORAÇÃO






Para que você entenda melhor o que seu cabeleireiro fala enquanto está colorindo seus cabelos, preparamos alguns termos usados regularmente, para que, assim, fique por dentro quando o assunto é coloração.

Diagnóstico: em coloração, este termo significa uma avaliação da cor e das características do cabelo. Através deste procedimento é que podem ser avaliadas a cor natural dos cabelos, a cor existente e a cor que será utilizada para a obtenção do resultado esperado.

Amônia: agente alcalinizante responsável pela abertura da cutícula do fio de cabelo, presente nas colorações permanentes.

Agente oxidante: promove a reação de oxidação. É normalmente utilizado nas colorações e bastante conhecido como água oxigenada.

Aglutinação: ato de unir, colar e fixar os pigmentos artificiais da coloração que ficam aglutinados dentro do córtex do fio.

Altura de Tom: é a posição que a cor do cabelo natural (virgem) ou artificial (colorido) ocupa na escala de tons (cores fundamentais ou básicas), sendo que a escala varia de 1 a 10 tons, sendo sempre do tom mais escuro ao mais claro.

Nuance: conhecida também como reflexo, é a modificação que uma cor apresenta por efeito da adição de uma pequena quantidade de outra cor.

Tonalidade: matizes diferentes que uma cor passa quando se inicia um processo de mais claro para mais escuro ou vice-versa.

Decapagem: processo usado para retirada de pigmentos artificiais dos cabelos.

Descoloração: processo usado para a retirada de pigmentos naturais em cabelos sem coloração.

DICAS- CABELO DE MORENA A SUPER LOIRA


Quando seus fios estão escuros e você já utilizou algum tipo de coloração ou algum tonalizante para escurecer os cabelos, mas quer ser super loira, alguns fatores devem ser levados em consideração:

1 – Químicas que já foram usadas anteriormente, alisamentos ou relaxamentos, não são compatíveis com clareamento de cabelos.

2 – Cabelos com colorações escuras devem ser decapados. A decapagem nada mais é do que uma descoloração, de modo a identificar que estamos descolorindo os cabelos anteriormente coloridos. fonte:www.cabeloslindos.com.br

3 – Além da decapagem, também podemos utilizar uma retirada de pigmentos. Tal procedimento é mais suave e indicado para cabelos que não estejam tão escuros, como os castanhos médios ou castanhos claros.

Todos os procedimentos ressecam os cabelos. Não se tem como desconsiderar este fato. Os cabelos devem estar preparados para isso. Portanto é importante que estejam pré-tratados.


Remoção de pigmentos:

É o processo de retirada de pigmentos artificiais dos cabelos. Para esse procedimento, você vai necessitar de:

1 – Pó descolorante

2 – Oxidante de 30 vol.

3 – Xampu de cor branca ou incolor

Misture todos os ingredientes em uma tigela plástica, fazendo com que fiquem numa consistência nem muito líquida nem muito pastosa.

Comece a passar a mistura com um pincel, na parte de trás dos cabelos, sempre começando pelas pontas dos fios em direção a raiz, em mechas finas, preservando a parte próxima à raiz se esta estiver sem coloração.

Conforme você passa o produto com o pincel, passe a parte de trás de um pente fazendo um atrito na mecha, como se estivesse limpando-a (o que, de fato, está fazendo). Você também pode enluvar a mecha trabalhando com as mãos, em movimentos como se estivesse subindo por uma corda. Em ambos os métodos, com o pente ou com as mãos, ocorre um atrito com a mecha de cabelo, o que acelera o processo de limpeza dos fios.

Faça o procedimento de remoção de pigmentos em todo o cabelo.

Deixe o produto de descoloração agir, ficando atenta a abertura da cor. Provavelmente a cor vá abrir para um tom avermelhado ou acobreado. Identifique bem a altura do tom em que está o cabelo, bem como seus reflexos, ou seja, até que ponto você conseguiu a abertura de cor. Não deixe mais do que trinta minutos o pó descolorante nos fios.

Se você conseguiu limpar a cor escura anterior, chegando numa altura de cor 6.0 (loiro escuro) ou de um 7.0 (loiro médio), provavelmente seus cabelos estejam num loiro escuro acobreado ou loiro médio acobreado.

A altura de tom é a cor propriamente dita. Então, coloque uma coloração que, além de ter a mesma altura de tom, neutraliza o reflexo indesejado. Supondo que o reflexo seja acobreado, colocando uma cor 6.1 (loiro escuro acinzentado) ou 7.1 (loiro médio acinzentado) com oxidante de 20vol, estaremos colorindo os fios e, ao mesmo tempo, neutralizando este reflexo.

Observe nesta etapa que estamos colorindo os cabelos e, ao mesmo tempo, neutralizando o reflexo acobreado com a nuance cinza.

Hidrate e trate os cabelos, pois precisará repetir o procedimento talvez duas ou três vezes. Não esqueça que, conforme for clareando os fios, você deve utilizar uma coloração mais clara e neutralizar os reflexos indesejados.

Quando chegar a um tom 8.0 (loiro claro), comece a fazer mechas nos fios, sobrepostas ao tom conseguido, através da retirada de pigmentos ou decapagem.

Faça mechas de dois em dois meses até chegar à cor Super Loira.

De Morena a Super Loira (Cabelos Naturais)
Quando os cabelos são muito escuros, pretos ou na faixa das cores castanhas, mas são de cor natural, o procedimento para clareamento dos fios deve ser escolhido conforme a saúde dos fios.

Ninguém dorme morena e acorda super loira.

Muita calma e atenção nesta hora.

Quando falamos de cabelos de cor natural, são os naturais mesmo, ou seja, que nunca receberam nenhum tipo de tonalização nem banho de brilho, em cujo procedimento geralmente é utilizada coloração. São cabelos completamente virgens, com pigmentos naturais.


Cabelos naturalmente escuros: são cabelos cujas cores vão do preto ao castanho claro, isto é, de uma cor número 1 a número 5 na cartela de cores das colorações. Veja matéria ¨Conhecendo as Cores ¨ do nosso canal de coloração.


Os cabelos escuros têm um fundo de clareamento próprio. Possuem pigmentos que geralmente são acobreados e/ou avermelhados. Na matéria “Descoloração ou Decapagem”, você encontra um tabela de fundo de clareamento e pode verificar que, ao utilizarmos pó descolorante e oxidante em uma descoloração, o reflexo vermelho se revela nas cores escuras. Portanto, para você ser loira, se possui cabelos escuros, convém que se neutralize o reflexo vermelho decorrente de um procedimento de descoloração.

É necessário descolorir cabelos muito escuros, mesmo sendo naturais, para que você possa ser loira. Tal processo pode também ocorrer através da coloração se os cabelos não forem muito escuros. Por exemplo, nos castanhos claro, você consegue um clareamento maior com coloração, e uma força de um oxidante potente no caso 40vol. Leia a matéria ¨Conhecendo a Água Oxigenada ¨. Neste caso, provavelmente será necessário neutralizar reflexos avermelhados ou acobreados após a coloração.

Um bom teste para verificar a cor com que ficará seus cabelos após uma coloração é o seguinte: com uma cartela de cores de colorações (essas que você encontra nas lojas onde são vendidas tintas para cabelos, ou com profissionais), identifique exatamente a cor natural de seus cabelos, escolha a cor desejada bem como a volumagem do oxidante, que poderá ser de 30 ou 40vol, dependendo da cor natural e da cor desejada.

Como sabemos que o oxidante de 30vol abre dois tons e que o oxidante de 40vol abre três tons, verifique na própria cartela de cores o tom que seus cabelos ficarão, levando-se em consideração que terão reflexos avermelhados ou acobreados, provenientes do fundo de clareamento da cor, que deve ser neutralizado. Afinal, você quer ser loira!

Caso não consiga o clareamento desejado, você tem a opção de fazer algumas mechas, que nada mais são que uma descoloração em cima de uma cor mais clara. É um procedimento que pode ser feito lentamente e que danifica menos os fios.

Somente desta forma, conseguirá ser super loira!

- Para você entender bem o processo, vamos dar um exemplo:

Cor natural do cabelo 4.0 (castanho médio) - essa cor tem um fundo de clareamento avermelhado. Se você aplicar uma cor 9.0 (loiro muito claro) com oxidante de 30vol, vamos ter um poder de clareamento de dois tons. A cor ficará 7.0 ( loiro médio) conforme a cartela de cores, com reflexos avermelhados ou acobreados. Neste caso, seria melhor colorir e neutralizar ao mesmo tempo o reflexo indesejado, afinal, a finalidade é ser loira sem reflexos. Dessa maneira, seria ideal utilizar a cor 9.0 com um linear de mix mate ou verde, que neutralizaria o reflexo vermelho. Você também pode optar por uma cor 9.12 que, ao mesmo tempo em que neutraliza o vermelho, também neutraliza o cobre, pois, além do mate ou verde, tem o cinza. Mesmo assim, se ainda restarem reflexos indesejados, os cabelos devem sofrer um outro tipo de neutralização de cor.

A partir desta explicação, acredito que tenha ficado entendido o processo de clareamento em cabelos escuros naturais.

Se você quer ser loiríssima, este é o começo. Para tanto, saiba que é necessário ter os cabelos em condições de sofrer esse processo, que resseca bastante os fios

DICAS - CABELO - FAZENDO MECHA EM CASA



Antes de mais nada, é recomendada uma leitura prévia das matérias “Descoloração dos Cabelos” e “Descoloração (entendendo mais)”, já publicadas em nosso site, pois servirão de base para o que será falado a seguir.

Existem várias formas pelas quais podemos fazer mechas, luzes ou balayages. Vamos aprender como você pode fazer suas mechas em casa com total segurança para que seus cabelos não fiquem manchados, porém é importante que eles estejam perfeitamente com saúde e boa elasticidade para enfrentar o procedimento de descoloração parcial dos fios.


Material necessário:

Recipiente plástico (cumbuca)

Pincel de coloração

Pó descolorante

Água oxigenada, verificar a volumagem que vai depender do grau de descoloração desejado. Pode ser de 20vol, 30vol, ou 40vol.

Durex

Touca plástica descartável para mechas. Você compra conjuntos de 6 ou 12 touquinhas do mesmo material que as toucas descartáveis de hidratação. Elas têm uma tirinha do mesmo material que a touca a ser amarrada embaixo do queixo.

Agulha de tricô para puxar as mechas. Recomenda-se uma bem fininha e outra mais grossa; assim, você poderá puxar algumas mechas finas e outras mais grossas.

Aplique um silicone nos fios para que deslize mais fácil. Penteie os cabelos (pode ser todo para trás ou repartido da maneira que você mais está acostumada).

Coloque uma touquinha e amarre, coloque outra por cima desta e amarre também. Você estará, então, com duas toucas e, dessa forma, terá mais segurança para que elas não rompam ao puxar as mechas e, assim, não manchando seus fios.
Com as duas mãos, ajuste as toucas na cabeça e peça para alguém colocar o durex envolta de sua cabeça. Comece pela testa e faça a volta por cima das orelhas e então, novamente na testa, com a touca bem ajustada na cabeça.

Comece a puxar os fios, com o auxílio das agulhas, pela parte da frente dos cabelos. Como o material da touca é plástico e fino, fica fácil de puxar.